18/04/2018
524
Entenda a doença de Simaria - TUBERCULOSE GANGLIONAR
Fonte da Notícia:
G1


A cantora Simaria, da dupla sertaneja com Simone, foi diagnosticada nesta terça-feira (17) com tuberculose ganglionar. Segundo infectologistas ouvidos pelo G1, essa forma doença não é contagiosa e tem baixa chance de morte.
Ela estava internada desde o dia 12 de abril no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Simaria teve alta nesta terça, mas vai continuar o tratamento em casa, sob observação médica.

TIPO MENOS FREQUENTE
De acordo com o infectologista Eduardo Martins, do Instituto Brasileiro para Investigação da Tuberculose, essa versão ganglionar é apenas uma apresentação mais rara da infecção:
É o mesmo bacilo da tuberculose pulmonar. A pulmonar é apenas o tipo mais frequente de apresentação da tuberculose, com 85% dos casos. De uma forma geral, é uma bactéria que dá em todos os órgãos: pulmão, coração, pleura e também nos gânglios.

DIAGNÓSTICO
No diagnóstico são utilizados os seguintes exames: baciloscopia, teste rápido molecular para tuberculose e cultura para micobactéria, além da investigação complementar por exames de imagem.

TRATAMENTO
O tratamento do tipo ganglionar é o mesmo da tuberculose comum. O paciente deve ser tratado com antibióticos durante pelo menos seis meses, segundo orientações do Ministério da Saúde e do médico especialista.
A pessoa precisa manter o tratamento por no mínimo seis meses a um ano. Não pode parar, porque se nem todas as bactérias forem atingidas pelo antibiótico, podem surgir cepas resistentes. Tuberculose tem cura, mas precisa seguir de forma bem rigorosa a prescrição do médico, disse o infectologista Edimilson Migowski.

CAUSAS
A tuberculose ganglionar pode se desenvolver devido a uma baixa no sistema imunológico. É uma doença agressiva por si só. Quando você tem sarampo, uma doença viral extremamente agressiva, baixa a imunidade e você tem pneumonia como consequência. Já a tuberculose tem essa coisa de reativar, mas ela é agressiva por si. A bactéria fica incubada e pode ser que o aumento do estresse, baixa imunidade, reativem a doença, explica Eduardo Martins.
A quantidade enorme de shows, comendo mal, viajando de um lugar pro outro, estresse, podem causar a tuberculose. - Edimilson Migowski

SINTOMAS
Os sintomas, de acordo com os especialistas, são febre, calafrios, inchaço com dor, perda do apetite, suor excessivo.
Os sinais são pouco significativos e não chamam muito a atenção no início: uma febre baixa, que acontece geralmente no final do dia, cansaço, mal estar, sensação de fraqueza, tosse, dor no corpo, suor noturno e inapetência, explica a colunista do G1, Dr Ana Escobar.
Estes sintomas, por serem muito inespecíficos, podem perdurar meses sem que a pessoa procure o médico. Muitos confundem este quadro com o cansaço e a correria do dia a dia e vão levando a vida.

PREVENÇÃO
A principal maneira de prevenir a tuberculose em crianças é com a vacina BCG (Bacillus Calmette-Guérin), ofertada gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS). Normalmente já administrada para os bebês na maternidade, com 48 horas de vida, e faz parte do calendário público de vacinação.

DOENÇA DO MUNDO
O mais recente relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre a tuberculose mostra que desde 2000 os casos da doença caíram 37% no mundo. No entanto, segundo a entidade internacional, a doença foi a condição infecciosa por agente patológico único que mais matou em 2016 - ficando à frente do HIV.
De acordo com a OMS, a tuberculose também é a principal causa de óbitos relacionados à resistência bacteriana e a principal causa de morte entre pessoas com HIV. A organização também alerta que muitos países não estão colocando em curso esforços suficientes para atingir as metas globais de controle da doença.
Enquanto o mundo se comprometeu a acabar com a epidemia de tuberculose até 2030, ações e investimentos não correspondem à retórica política. Precisamos de uma abordagem dinâmica, global e multissetorial, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

CONSCIENTIZAÇÃO
Conhecer os sintomas da tuberculose e divulgar a importância da tuberculose são tarefas que já envolveram personalidades que tiveram a doença. O zagueiro do Paris Saint-Germain Thiago Silva e o cantor Thiaguinho participaram de ações do ministério. Ambos tiveram a doença e se recuperaram plenamente.
Apesar de curável, a tuberculose atinge 6 milhões de pessoas e mata 1 milhão por ano em todo o mundo, de acordo com o Ministério da Saúde. No Brasil, a doença é um problema sério de saúde pública, e a cada ano são notificados cerca de 70 mil novos casos e 4,5 mil mortes.
Comentários
Mais Notícias
21/01/2019
Entrevista exclusiva com a dupla Day e Lara!
A dupla Day e Lara  lançaram seu novo DVD, Traços, que já está disponível no Youtube e em todas plataformas digitais e o Tá Estourado fez questão de ter um bate papo curto com as meninas que em breve estarão ao vivo também em nosso programa!!!!!





As suas composições sempre são inspiradas em histórias reais? Se inspiram no sertanejo raiz? 

Nosso papel como compositoras é retratar histórias que as pessoas vivem , sendo histórias  felizes ou tristes, polêmicas ou românticas, muitas das vezes dizendo aquilo que as pessoas gostariam de falar, seja em declaração de amor, seja em protesto ou desabafo, literalmente a arte imita a vida. Não tem como não nos inspirarmos no sertanejo raiz, como o próprio nome diz: raiz! Faz parte da nossa essência e do que crescemos ouvindo. Podemos até trocar as folhas, nos reinventar mas jamais esquecer nossas raízes.



Com tantas influência em volta de vocês, como foi decidir qual era o caminho certo? 

A gente sempre seguiu nossos sentidos e sentimentos, foi tipo: movimento gera movimento. Sempre procuramos ser fiéis ao que as pessoas gostariam de ouvir de Day e Lara.


 

Como foi ouvir a primeira letra escrita por vocês, antes do sucesso, na voz de um outro grande artista?

 Um sonho realizado, de muitos anos de trabalho, saber que mais pessoas se identificavam com o que a gente escrevia foi incrível, e poder fazer parte e somar na carreira dos outros mais ainda.


Sobre o novo trabalho, o que mudou do início até agora? O que os fãs podem esperar? 


As responsabilidades, as experiências, cada cidade que cantamos, cada experiência que passamos seja boa ou ruim fizeram parte do nosso amadurecimento pessoal e profissional.


O que esperar de vocês também para este ano?

Sempre o nosso melhor, nos shows nas musicas em cada encontro com eles, é grande responsabilidade fazer parte e ser referência pra alguém.

Além do DVD “Traços”, outro projeto que inclusive mostra nossas raízes, que vocês vão conhecer ainda nesse primeiro semestre que se chama  “VAI CE BÃO PRA LÁ” que teve participação de grandes referências do sertanejo raiz.



Uma música do novo trabalho que represente o momento atual da carreira?

Vixi (risos) não vale o DVD todo? Cada música diz um pouco, se brincar vivemos mais de 3 musicas em um dia só (risos)










19/01/2019
DOIS DEDIM, nova música de Zé Ricardo e Thiago
Zé Ricardo e Thiago - Dois Dedin part. Léo e Raphael I DVD #MeioAcústico Composta por Rodrigo Reis, Bruno César . DOIS DEDIN Se eu to na água, tranquilo Se eu to na cerveja, perigo Se eu to no suco, suave Mais se eu tomar uma dose daquela que cê já sabe é só... Dois dedin de pinga Eu já lembro dela Alcoolizado o coração me ferra Dois dedin de pinga Ativa a saudade E é dois dedin no botãozin do WhatsApp
Instagram